Capítulo Sessenta – Antes de dormir

domingo, 17 outubro 2004 § 1 comentário

Sabe quando você se deita na cama à noite e fica pensando na vida? Lembrando daquela pessoa que faz seu coração disparar, pensando nas grandes questões da humanidade, como qual o sentido da vida, se o universo é mesmo infinito e qual o segredo da tostines, aquele momento em que você fica pensando no seu futuro, imaginando o que vai acontecer daqui a alguns anos ou fica se lamentando por que deu tudo errado no dia que passou. Sabe?

Tá. Agora pense na sua vó. É, aquela velhinha simpática (ou não), mãe da sua mãe ou mãe do seu pai. Quanto anos ela tem? 65? 73? 81? O que será que ela fica pensando quando vai se deitar para dormir? Durante o dia inteiro a gente pode se distrair, ver tv, jogar dominó, tirar meleca do nariz, mas a noite não dá pra não pensar em algo quando a gente vai dormir (menos minha irmã, que já começa a sonhar assim que fecha os olhos, uma coisa incrível). Será que sua vó ainda se preocupa em saber como tudo começou? Será que ela ainda fica pensando no seu vô? Ou será que ela fica só lembrando de como a vida era bem melhor antigamente, quando o joelho dela não doía tanto? Vocês não ficam muito curiosos quanto a isso? E o seu pai, já pensou no que ele pensa quando vai dormir? E o seu chefe, seu professor, o gari, o vendedor de cachorro quente? Você ainda pode ter uma idéia do que seus amigos, aqueles mais íntimos, pensam nessas horas, mas e o seu cachorro? Será que ele pensa? Hein? Hein?

Como? Suas duas avós já morreram? Sinto muito, deixa pra lá…
 

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para outubro, 2004 em o projeto sem nome.

%d blogueiros gostam disto: