Capítulo Quarenta e Quatro – Eu, mim e eu mesmo

domingo, 26 outubro 2003 § Deixe um comentário

Eu tô falando comigo
Eu tô falando pra mim mesmo
Eu tô falando sozinho
E já não me dou mais ouvidos

Então calo a boca pra escutar
O que eu tenho pra me falar
E é sempre bobagem
E reclamação
Acho que é por isso
Que ninguém me dá mais atenção

É que hoje me olhei no espelho
E já não era mais o mesmo
Daí eu perguntei sobre as novidades
Eu tava curioso pra saber como era ser eu mesmo
Perguntei a minha idade
E a quantas andava minha popularidade
Perguntei sobre os amigos
E se eu ainda detestava couve-flor

Às vezes até tento me consolar
E dizer que tudo um dia vai melhorar
Mas não agüento mais minhas mentiras
Não agüento meu egocentrismo
Nem a minha voz esganiçada
E me mando ficar quieto
Mas não suporto o silêncio

E digo que vou embora
Que nunca mais quero me ver
Me xingo de idiota
E até ameaço me bater

No fim das contas percebo
Que ninguém ganhou nem perdeu
Nesse eu contra eu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Capítulo Quarenta e Quatro – Eu, mim e eu mesmo no o projeto sem nome.

Meta

%d blogueiros gostam disto: