Capítulo Quarenta – Ciúmes

sábado, 4 outubro 2003 § Deixe um comentário

Ricardo era um mulherengo, Ana era ciumenta.
Ricardo casou com Ana depois de namorarem quatro anos.
Ana vivia suspeitando de Ricardo. E com razão, pois Ricardo a traía freqüentemente. E depois de algum tempo Ana convenceu Ricardo a se mudarem pra um bairro mais afastado, mais calmo, na esperança que ele também se acalmasse. Doce ilusão, no trabalho Ricardo continuou impossível. Ana sugeriu que ele passasse a trabalhar em casa, usando o computador e o telefone não precisava de mais nada. E Ricardo saía escondido à noite para os bares.
Ana arrastou Ricardo para uma cidadezinha que não tinha bares, boates ou qualquer tipo de vida noturna. E Ricardo se engraçou com as vizinhas.
Enquanto Ricardo dormia, Ana o levou para uma ilha deserta. E lá viveram felizes por muito tempo até Ricardo morrer.
Procurando um lugar pra enterrar o marido, Ana chorou como nunca ao chegar na praia do outro lado da ilha, o lado que nunca tinha ido.
Na areia, Ricardo havia esculpido dezenas de mulheres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Capítulo Quarenta – Ciúmes no o projeto sem nome.

Meta

%d blogueiros gostam disto: