Capítulo Trinta e Sete – Não é a coisa mais original do mundo, mas vá lá…

domingo, 24 agosto 2003 § Deixe um comentário

O ferreiro chega em casa com muita fome depois de um dia de trabalho:
-A janta já tá pronta?
-O apressado come cru.
-Pois eu podia comer até um cavalo. Sem cozinhar mesmo.
-Pronto. Tá aqui.
-Hum, mas está delicioso!
-É que a fome é o melhor tempero…
-Mal posso esperar pelo assado…
-Quem espera sempre alcança…
-A esperança é a última que morre…
-Ah, deixa de reclamar e vai lá buscar a carne.
E o ferreiro foi buscar o espeto com a carne. Espeto de pau, é claro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Capítulo Trinta e Sete – Não é a coisa mais original do mundo, mas vá lá… no o projeto sem nome.

Meta

%d blogueiros gostam disto: