Capítulo Dezenove – Gente Inteligente

sábado, 17 maio 2003 § Deixe um comentário

Num bar, sexta à noite, a amiga reclama com a outra que está cansada de homens burros e idiotas. A amiga então diz que conhece um cara perfeito pra ela.
No sábado a amiga chega com o tal cara.
Após as devidas apresentações:
-Como você é bonita.
-Que isso, são seus olhos.
-Na verdade isso é fruto de um padrão estético preconceituoso pautado por qualidades características de pequenos e privilegiados grupos, disseminado pela sociedade, mas muito criticado. Além do mais meus olhos só transmitem informações luminosas para o meu cérebro que as decodificam e… ei, peraí, onde você vai? Eu ainda nem falei sobre a solidão do ser humano nas grandes cidades e…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Capítulo Dezenove – Gente Inteligente no o projeto sem nome.

Meta

%d blogueiros gostam disto: